Instagram

04 maio 2016

Após liminar, sindicato suspende a greve dos servidores

 Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo disse por meio de nota na noite desta terça-feira, 3, que cumprirá a determinação judicial e orienta os servidores a retornarem ao trabalho até a audiência entre Prefeitura e Sindicato, que foi agendada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para o dia 16 de maio.


A assembleia para ocorrer nesta quarta-feira pela manhã na praça de Sant’Ana também não vai ocorrer.


O sindicato também enalteceu o movimento que recebeu uma boa adesão dos servidores. “Esse movimento tem um significado muito importante na história da cidade. Lembramos que desde o começo do ano realizamos inúmeras reuniões e ações organizadas em um calendário de mobilizações. Isso tudo foi feito publicamente utilizando o Sindicato como instrumento para refletirmos e lutarmos coletivamente por nossos direitos. Apesar disso tudo, a Prefeitura recusou-se a ouvir o servidor e recorreu ao judiciário”, escreveram os membros do sindicato na nota.


A Prefeitura de Vinhedo obteve no final da tarde desta terça, uma liminar na Justiça do Trabalho que fixa multa ao sindicato caso os servidores não mantenham 70% dos serviços públicos e dos trabalhadores em creches, pré-escola, escolas municipais, postos de saúde, unidades de pronto-atendimento (UPA) e Guarda Municipal nesta quarta-feira. O pedido a Prefeitura foi acatado em parte, já que ela queria do TRT garantias de 90% dos funcionários trabalhando.


Caso o sindicato não acatasse a liminar, foi fixada multa diária de R$ 5 mil por cada trabalhador que faltar ao posto de trabalho.


Prefeitura, Câmara e a Sanebavi se comprometeram a repassar nos salários dos servidores a inflação dos últimos 12 meses, compreendendo o período de maio de 2015 a abril de 2016. A tendência é a de que o reajuste fique acima de 9% para o período acumulado.


No entanto, a reivindicação do sindicato é que esse aumento seja repassado também para o vale-alimentação, auxílio transporte e tíquete refeição. A Prefeitura, Câmara e Sanebavi informaram que os valores dos benefícios continuam os mesmos de 2015.

FONTE: Jornal de Vinhedo
Fotos da notícia
Recado na Policlínica da Capela na manhã desta terça
Rafa Von Zuben