Instagram

23 março 2015

Oito maneiras simples de reduzir as calorias da sua alimentação

Ainda há quem acredite que é preciso passar fome para emagrecer, mas isso está longe de ser verdade. Se você acha que a dieta não está funcionando como gostaria, descubra oito maneiras simples de reduzir as calorias na alimentação e finalmente se livrar dos quilinhos indesejados. Vale lembrar que caloria é energia, então se você consome mais do que gasta existe o aumento de peso. “O que está sabotando sua dieta para emagrecer é justamente a história de ter que diminuir as calorias na alimentação e acabar passando fome. Nos primeiros dias você até aguenta o tranco, mas depois a tentação é maior e você acaba comendo demais”, explica o personal trainer Vinícius Possebon, criador do Sistema de Emagrecimento Queima de 48 horas.Inclua mais proteína
Aumente a ingestão de proteínas magras, como o frango. 

 Para quem deseja emagrecer é essencial aumentar a ingestão de proteínas, o que otimiza a queima de caloria. “A proteína não só acelera o seu metabolismo, o que faz com que você queime gordura em repouso, como também reduz o apetite. Isso acontece porque a proteína necessita de certa quantidade de energia para metabolizar, o que faz com que você gaste de 80 a 100 calorias a mais se ingerir esse nutriente em boas quantidades diariamente”, revela.Mastigue bem Você não tem paciência de mastigar muitas vezes antes de engolir os alimentos? Pois saiba que a pressa pode ser sua inimiga. “Mastigar bem é fundamental para uma boa digestão. Os alimentos bem fragmentados facilitam a ação das enzimas digestivas e assim serão completamente digeridos, sendo mais bem absorvidos e aproveitados pelo organismo”, conta a nutricionista Bruna Mello. Mastigar bem também dá tempo de você sentir a saciedade, te fazendo comer menos. Evite refrigerantes, sucos de frutas e açúcar em geral Frutas são saudáveis e devem fazer parte da sua dieta, mas como contêm grande quantidade de açúcar é melhor consumi-las inteiras, o que garante os nutrientes e as fibras: “Eliminar líquidos ricos em açúcar é outro grande favor que você faz a si. Isso inclui os grandes vilões, como refrigerante, leite achocolatado e também aqueles que não percebemos que podem sabotar o emagrecimento, como sucos de frutas. Talvez isso seja o que mais esteja impedindo você de emagrecer, pois o seu cérebro simplesmente não considera as calorias líquidas que você ingere diariamente da mesma forma que considera as sólidas”.Beba mais água
Beber a quantidade indicada de água aumenta o gasto calórico. 

 Te ajuda a manter o corpo hidratado, a pele bonita e até previne a retenção de líquidos, portanto, nada de se esquecer dela. “Esse talvez seja o truque mais eficaz e saudável para emagrecer: beba mais água. Talvez você já saiba que o recomendado é beber cerca de dois litros de água por dia (ou oito copos), mas você sabia que essa atitude super benéfica para o organismo pode fazer com que você queime cerca de 96 calorias a mais por dia? Além disso, quando você bebe mais água antes das refeições, pode ter o apetite reduzido e, consequentemente, diminuir as calorias ingeridas”, fala. Para quem não é tão fã da água pura, as bebidas com cafeína também podem ajudar, especialmente quando são naturais: “O café e o chá verde são excelentes para aumentar o metabolismo, ainda que seja por um curto prazo”.Troque a sobremesa Se você é daquelas que não vivem sem um docinho ou uma sobremesa, o jeito é trocar por outros alimentos, como indica Bruna: “No lugar das sobremesas hipercalóricas, consuma cacau em pó ou canela em pó polvilhado sobre as frutas. Se tiver vontade de um chocolate, substitua por um a partir de 70% de cacau”. Exercite-se
Exercícios ajudam a manter o metabolismo ativo. 

A redução da ingestão de calorias, de acordo com o especialista, pode ser um tiro nos pés, já que ao ingerir menos calorias o corpo compensa queimando menos. “Você pode perder massa magra, que é metabolicamente ativa, fazendo com que seu metabolismo fique ainda mais lento. A maneira eficaz de evitar esse desastre é fortalecer os músculos fazendo exercícios, de preferência os de alta intensidade, que queimam gordura, aceleram o metabolismo e fortalecem os músculos. Você não precisa necessariamente ir para a academia: exercícios como flexões, por exemplo, têm um excelente efeito”, revela.Coma mais verduras e legumes “Consuma de cinco a nove porções diárias. Esses alimentos, além de ricos em fibras e oligossacarídeos, são fontes de vitaminas e minerais e fitoquímicos, com efeito antioxidante e detoxificante. Procure ingeri-los na sua forma crua in natura, como suco ou salada, e dê preferência aos orgânicos. Cozinhe seus legumes em pouca água ou no vapor para preservar seus nutrientes. Quanto mais água for utilizada, maior a perda de vitaminas”, diz Bruna. Ao incluir as verduras e legumes você diminui a ingestão de outros alimentos, cortando também muitas calorias.  Evite os carboidratos Não adianta, se você quer mesmo um emagrecimento eficiente é preciso riscar de vez aquele pãozinho branco que parece inocente: “Cortar os carboidratos, principalmente os refinados, é outra maneira muito eficaz de perder peso. É provável que você passe pela mesma situação todos os dias: depois de comer o tradicional pão com café pela manhã, você realizará suas atividades diárias e, poucas horas depois, perceberá que está morrendo de fome. Você não entende porque está de barriga vazia tão cedo, mas deixa isso para lá e come mais um biscoito ou pãozinho, porém, um pouco antes do almoço, você já está com muita fome novamente, o que faz com que você coma mais do que precisa na refeição seguinte. O que acontece é que você está comendo muitos alimentos ricos em carboidratos, que não trazem muita sensação de saciedade, como é o caso da proteína. Quando você substitui o carboidrato por outros alimentos ricos em nutrientes seu apetite tende a diminuir, fazendo com que você coma menos”.