Instagram

13 março 2015

Entrevista com apresentador Jefferson Martins

image
OH MY GOD…
Olha eu aqui de novo com mais uma bela entrevista para vocês meus leitores. Eu amo trazer novidades, e matérias em primeira mão para todos vocês.
Vocês estão cansados de saber que sou super, mega fã do apresentador Paulo Fonseca do Programa The One. O programa desse danado, a partir do mês que vem vai ter uma hora de duração, e terá muitos quadros, entre eles do Jefferson Martins chamado  “Deu Fome? Inspire-se!”.
Veja em primeira mão, isso mesmo primeira entrevista dessa gracinha como dizia a nossa eterna Hebe Camargo.
image
PRINCE LEANDRO: Quem é Jefferson Martins?
 JEFFERSON MARTINS: Sou apenas um Ser Humano que está na Terra para viver dignamente. Mas para ser mais exato, nasci na cidade de Ribeirão Preto (SP) e há 02 anos moro em São Paulo. Sou formado em Técnico em Design de Interiores e cai no mundo da publicidade, produção e televisão, onde me apaixonei e consolido o meu nome no mercado.
PL: Como surgiu o convite de ir trabalhar com o Paulo?
JM: O convite para trabalhar com o Paulo surgiu em Dezembro de 2012. Na época eu era diretor de produção de um programa local de Sorocaba e fui fazer uma matéria referente ao Bazar do estilista Ralph Kemp, no qual o Paulo ajudou na organização e divulgação do evento. Esse dia foi hilário, pelo fato da minha repórter ter “dado o cano” e eu acabei indo para a frente das câmeras e o próprio Paulo me ensinou a se portar na frete delas. Foi ai que o Paulo e o seu sócio Bento fizeram o convite e eu aceitei. Mas só comecei a trabalhar com eles efetivamente em Fevereiro de 2013 e essa parceria já dura 02 anos.
PL: Qual sua maior qualidade e seu maior defeito?
JM: Difícil descrever seus próprios defeitos e qualidades. Creio que outros podem responder esta pergunta bem melhor. Mas dizem que tenho um coração bom, mas na minha opinião isto não é qualidade e sim caráter. Creio que tenho a facilidade de aprender rápido, esta sim é uma qualidade interessante. Já o defeito… Creio que é ser crítico. Sou muito crítico com tudo e isso as vezes prejudica em relacionamentos, tanto profissionais como sociais.
image
PL: Como é atuar com um homem tão rápido e dinâmico no pensamento e no agir como Paulo Fonseca?
JM: É um aprendizado. Nos entendemos muito bem e isso facilita. O Paulo consegue sempre observar tudo em primeira e terceira pessoa, isso torna muito fácil corrigir erros e efetuar um trabalho harmônico e divertido. Todos os dias aprendo algo novo com ele. 
PL: Li que você era Fã do Apresentador e hoje, está lado a lado com o Empresário e Apresentador Paulo Fonseca. Como é administrar a agenda do apresentador, a sua, com o cenário, pautas, programa, eventos, etc?
JM: Verdade. Quando eu morava em Ribeirão Preto, na época eu tinha 22 anos, eu assistia o programa da Kátia Fonseca e o Paulo foi ao programa dela para falar sobre os saltos altos e ali conheci o trabalho dele. Depois pesquisei na internet e assistia os programas pelo youtube, já que não era transmitido na minha cidade. Por obra divina ou destino conheci o Paulo em uma festa, foi ai que nasceu uma grande amizade. Bom, administrar a agenda dele é muito fácil, aliás a agenda de qualquer pessoa é fácil, basta apenas andar com ela e registrar tudo organizadamente. A agenda as vezes fica lotada, fruto de um bom trabalho. E é muito difícil desmarcar algo, pois  somos profissionais e éticos.
PL: Já pensou em atuar em um programa de TV que hoje é referência no canal fechado no Brasil e no Exterior, como você faz hoje, como Diretor de Produção do Programa The One?
JM: Confesso que já sonhei em trabalhar com televisão quando criança, de conhecer celebridades, mas nunca me passou pela cabeça em trabalhar em um programa inovador e que valoriza todo e qualquer tipo de critica. É gratificante para qualquer pessoa ver o seu trabalho ser reconhecido pela qualidade, nível e bom gosto.  
image
PL: É nítido nos programas, o carinho e gratidão que o apresentador tem por você. Vocês são casados, já que o sabemos que o apresentador é casado, rs…
JM:  Não somos casados. Apenas amigos. Ele é casado, mas é com outra pessoa. E eu estou solteiro.
PL: Agora você está a frente de um novo quadro no The One – “Deu Fome? Inspire-se!”. Como é para você atuar neste quadro?
JM: É uma honra enorme ter o apoio do Paulo e uma felicidade enorme poder falar de algo que amo. Poder entrar nos restaurantes, saber da história do mesmo, invadir a cozinha e passar cultura gastronômica para os telespectadores.
PL: Como surgiu a ideia do seu quadro no programa The One? Foi ideia sua ou do próprio apresentador?
JM: O Paulo sempre queria colocar eu nas frentes das câmeras. Inicialmente nasceu a ideia de eu estar ao lado dele em um quadro de moda… Mas durante uma reunião pensei em fazer algo diferente, fui atrás de informações e notei que o público brasileiro carece de cultura, mas ai pensei o que irei informar? Ao pensar achei um nicho que poderia me aprofundar e envolver várias culturas em apenas um quadro… Foi na gastronomia que achei a oportunidade de unificar tudo. O quadro de gastronomia foi uma ideia minha e que agradou o Paulo e teve o apoio dele. O nome surgiu em um papo com a minha amiga e publicitária Priscilla Cleante Garcia e foi ela que criou o logotipo do quadro, no qual, modéstia parte, ficou fantástico.
image
PL:  Vejo muito sua semelhança em trabalhar ao lado do Apresentador Paulo Fonseca. Muitos conforme fontes que buscamos, me disseram que você “e o xodó e a “cria” do apresentador! Isso é verdade?! Como se sente em ser comparado ao mesmo?
JM: Risos. Sim, é verdade. Foi com o Paulo que aprendi muita coisa que sei. É muito gratificante ser comparado com um apresentador de sucesso e uma pessoa maravilhosa. Mas sempre lembro que não sou ele e que sou Humano. Mas ele é um dos meus espelhos que uso para ser um bom profissional. 
PL: Você é perfeccionista, assim como Paulo Fonseca e toda sua Equipe. Isso lhe incomoda por ser assim?
JM: Não me incomoda, mas pode incomodar aos outros. Risos. Todo profissional preza pelo seu nome e de sua equipe, e para que o reconhecimento venha, precisamos ser perfeccionista sempre. 
PL: Paulo Fonseca, é de uma energia e encanto que hipnotiza. Em seus posts recentes Jefferson, já vi que mal saiu o anuncio do seu quadro e o mesmo já está dando o que falar… Esperava este reconhecimento e carinho de todos pelo seu trabalho?!
JM: Reconhecimento todos nós esperamos, não serei um hipócrita à negar isso. Porém não esperava a proporção que está se tendo o quadro. Não estreamos ainda, mas há dois dias criei o perfil do quadro no Instagram e no Facebook, e já estamos tendo várias curtidas nos postes e já passamos dos 500 seguidores no Instagram. Vejo que terei uma responsabilidade enorme com o público que estou começando a ter. Espero superar as expectativas de todos.
image
PL: Paulo Fonseca, é umas das pessoas mais gratas e humanas que já percebi neste meio de TV. Você segue este “pensamento de vida”, ou tem seu modo totalmente diferente de pensar?!
JM: Eu sigo o mesmo pensamento do Paulo, lógico que não é na integra, senão eu seria o Paulo e não o Jefferson. Nós dois temos pensamentos e ações em comuns, mas como qualquer pessoa há diferenças. Mas os nossos princípios são os mesmos. 
PL: Como é atuar, neste meio, com tanta falsidade que existe? Sabe lidar com isso?! Como você lida com este “meio”.
JM: Infelizmente não é só nesse meio que existe falsidade e outras demagogias. Mas sei lidar sim. No mundo dos negócios existem pessoas oportunistas, estes temos que ter um cuidado redobrado, pessoas falsas, pessoas ruins, pessoas de tudo que é jeito e caráter, mas a melhor maneira de lidar com tudo isso é não se envolver com fofocas, baixarias e golpes. A melhor saída é fazer o seu trabalho dignamente e mostrar do que você é capaz. 
PL: As MEGA produções do Apresentador, como vemos nas fotos… nas redes sociais, etc… tem seu “bom gosto”e também do apresentador. Como é ver seu trabalho sendo copiado ( muitas vezes, sem jamais conseguir se comparar ao de vocês ) por outras pessoas mas sem tanto retorno assim como o de vocês?!
JM: Diz o ditado que “Tudo que é bom se copia.” Meus avós dizem isso a todo momento… Acredito muito nessa frase e não me incomoda ver outros profissionais copiando o meu trabalho. Vejo que são pessoas buscando espelhos para melhorar a qualidade de seus trabalhos… E eles estão certos em fazer, pois quem é que não copia alguém?  
PL: As musicas do The One, são as melhores que já ouvimos… de onde surge tanto bom gosto assim para escolher músicas diferentes de tudo que já ouvimos em outros programas de TV?! Quem você tem como referência para incluir esta trilha sonora tão boa?
image
JM: Todos os dias o Paulo me envia uma lista de músicas que ele ouve no youtube e assim conheço vários artistas, pesquisando. A nossa referencia é a boa música, no qual deve ter um ritmo interessante e uma letra de nível. Lógico que Madona, Rihanna, Paul McCartney, entre outros grandes artistas são referencia, mas o nosso principio é que a música seja boa para o ouvido de muitos.
PL: O Programa The One, é diferente de tudo que já vimos dentro e fora do Brasil. Você segue a risca este formato que está dando tão certo, ou pretende futuramente deixar o programa com o mesmo perfil destes programas hoje tão ruins e já cansativos na TV Brasileira?
JM: Seguimos o que está dando certo  e buscamos novas inspirações para melhorar cada vez mais. Infelizmente a TV Brasileira está passando por uma fase ruim aos olhos dos grandes críticos internacionais, pelo fato de explorar a baixaria, “desgraça” e putaria. Por este e outros motivos que grandes programas de televisão migraram para a TV a cabo. O público com um nível sociocultural elevado não tem paciência para a maioria dos programas que estão no ar na Tv Aberta e por isso eles preferem assistir os programas nos canais fechados. Basta você perceber que há 05 anos a publicidade na TV a cabo cresceu absurdamente. Ai você tem a sua resposta sobre a qualidade da nossa TV Aberta.
PL: Paulo Fonseca, é único no seu estilo e modo de apresentar o programa. Tenho certeza que você vai seguir esta mesma linha do apresentador mas sem perder seu jeito e originalidade. Isso é algo que pretende manter sendo você mesmo ou se trata de jogada de marketing?!
JM: O marketing é para as empresas e para quem está procurando um relacionamento amoroso. Risos. Serei eu na frente das câmeras, só as pessoas que me conhecem irão confirmar se estou sendo eu ou não.
PL: Já vi nas redes sociais que agora o The One vai para 1 hora de duração a partir de março, o que para nós, fãs e seguidores, é ótimo. Diga a verdade, rsss, está com frio na barriga quando estrear seu quadro?!
image
JM: Verdade. Devido a grande manifestação do nosso público, a emissora Alpha Channel (www.alphachannel.tv.br) conversou com a gente e abriu essa porta. A Quinta Temporada do The One começará com 1 hora de duração e por isso que vários quadros irão estrear, entre eles o meu. Confesso que sempre fico com frio na barriga quando iniciamos as gravações e que sempre me derreto de medo ao me ver na frente das câmeras, pois é muito fácil ver o outro na TV, mas ver a si mesmo não é fácil, sempre observamos algo e pelo fato de ser critico, tenho a certeza que sempre irei achar um defeitinho a ser corrigido.
PL: O que espera para esse ano já que você esta começando com o pé direito?
JM: Espero que durante este e os próximos anos muitos projetos saiam do papel e que não só eu, mas como todos que conheço ou tenho alguma relação possam crescer e prosperar. 
Obrigado pelo bate papo querido. Desejo muito sucesso ao seu blog!