Instagram

18 setembro 2013

Bom motorista tem franquia menor no seguro

Ser bom motorista e dirigir com atenção não livram os donos de automóveis apenas das multas. Quem se envolve menos em acidentes de trânsito também leva vantagem na hora de renovar o seguro do carro. Além de pagar menos pelo preço total da apólice, o cliente cuidadoso pode conseguir o direito a um valor menor de franquia, aquela parte da despesa que o segurado tem de arcar quando o carro vai para a oficina por causa de avarias.
O ganho pode chegar a pelo menos 20% do valor da franquia. A economia é possível porque cada vez mais as seguradoras mantêm atualizado o histórico de cada cliente. Por meio do cruzamento de informações on-line, as empresas traçam o perfil de cada segurado considerando fatores como idade, local de residência e uso que faz do automóvel, mas também dados sobre o envolvimento em colisões e outras ocorrências que levaram o carro para a oficina.
“Podemos dizer que quem bate mais o carro paga mais seguro e mais franquia”, disse o corretor Antônio Figueiredo, da AC Figueiredo Corretagem de Seguros. A franquia de um Siena 2010, por exemplo, pode ficar em pouco mais de R$ 1,7 mil para um motorista que pouco se envolve em acidentes e chegar a R$ 2,1 mil para um cliente com histórico de colisões.
Segundo Figueiredo, o pior é que o valor da franquia já havia aumentado antes, acompanhando o reajuste dos seguros e surpreendendo os clientes. “Paguei quase R$ 3 mil pela renovação do seguro e a franquia ficou em R$ 3 mil. É muito alto, quase não vale a pena fazer seguro. Se eu tivesse sinistro, seria maior ainda”, disse o coordenador de tecnologia da informação José Roberto Silveira, de 54 anos, dono de um Corolla 2005.
Para empresas, preço das peças interfereLuiz Pomarole, vice-presidente da Federação das Empresas de Seguros, disse que o valor da franquia leva em conta, além do perfil do segurado, o valor das peças dos carros. “Como os veículos têm cada vez mais tecnologia, essas peças estão mais caras”, disse. Mas ele destacou que o valor do seguro também considera características do bem e os riscos de cada modelo e cada perfil de motorista.
Mercado oferece forma de reduzir o custoUma opção para baixar o montante da franquia é conversar com o corretor de seguro sobre o redutor da obrigação. O segurado pode pagar um valor a mais no total do seguro e reduzir à metade ou até a zero a franquia. “Pode ser bom para quem está sempre na rua, sujeito a colisões”, disse Luiz Pomarole.
Segurado diminui valor da obrigação à metadeO especialista em processamento de dados Adalberto Mingueti, de 53 anos, decidiu pagar cerca de R$ 500 a mais de seguro para reduzir à metade a franquia que ficaria em R$ 4 mil. “Eu teria de pagar um custo  muito alto em caso de colisão. Achei melhor reduzir”, afirmou.
Matéria retirada do Diário de São paulo
Se você quer um seguro barato a partir de R$ 100,00 reais entre em contato com:
Lucas Farias
ProAuto
lukazguih@icloud.com ou lukas_gfarias@hotmail.com
Fone: (11) 9.9671-9679/ (19) 9.9717-6795